Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

Reciprocidade

 

 

“Como quero, há muito, que sinta um toque suave meu em tua pele, e que se sinta seguro em meus braços.

Também quis, e sempre continuo querendo, que eu tenha a calma necessária para que navegue melhor no mar de vicissitudes que, por ventura, você venha enfrentar na vida.

Quero me fazer vento, em forma de suave brisa, para te tocar o rosto, provocando e admirando seu sorriso..

Quero ser sangue até, percorrendo muitos cantos teus, e, estando em ti, envolverá, como envolve, a mim.

Quero ser um céu, daquele que acaricia sua pele com raios de luz, e, à noite, quero ser uma lua, que abre a janela de seu quarto apenas para telembrar que há luz mesmo à noite.

Há uma parte de meu coração da qual não sou mais dona, pois não tenho mais a capacidade de te negar; e tua presença tornou-se oferenda que não tenho intenção de perder, porque você é pecioso, a jóia fulgurante no baú dos tesouros do mundo em que habitamos você e eu.

Hoje, mesmo com as adversidades, não posso ser falsa e confesso que peço, em silêncio, com a força do que você provoca em meu coração, que, seja lá qual for os escritos de meu destino, eles apareçam colados às linhas dos teus.

E assim se estabelece o fato de que é único para mim. Pois que é único para mim o teu toque, e a ele desejo. Pois que é único o teu beijo e a ele desejo. Pois que é único teu abraço e a ele desejo. Pois que é único, como único, para mim, o que tenho de você, e por isso te desejo.

Corajoso, admite hoje partilhar seus sonhos comigo, como partilha também seus medos.E recebo teu sorriso, e recebeo teu olhar, e tanta coisa boa que pode me dar, pois que o que vem de sua alma eu quero, e a aceito com bençãos e notas de felicidade, pois que estão abertos meus braços para te receber se vir sem medo ou sem receio. Se o receio ou o medo existirem, tenho o colo posto e te recebo nele.

Queria dizer muitas vezes, com voz marcante as palavras que enchem meu coração. Mas vou sussurrando, aqui, neste espaço virtual, parte daquilo que me faz sentir viva, pois que, até onde alcança meu entendimento na matéria, eu amo você, Ivan”

Esse texto não é meu, porém, faz parte de mim!   

 

Está aqui hoje por conta da verdadeira reciprocidade que existe, antes mesmo de esse texto ser escrito em 08 de outrubro de 2007, e perdura até hoje!  Essas palavras pertencem à nossa história pois foram escritas por aquele a quem chamo “Meu Porto” e eu as repito hoje dedicando a ele todo o amor que sinto!

 

A recíproca, meu anjo, é muito verdadeira! 

Partilhado por koly às 17:13

link do post | partilhe seu afeto | favorito
um afeto ao menos:
De Luzinha a 15 de Agosto de 2009 às 13:07
Adoreiiii o texto..e continuo acompanhando a história e o amor de vcs...

beijos
De Ivan a 7 de Agosto de 2009 às 00:03
Vim aqui para deixar um texto novo.

Não foi preciso.

É, eu me lembro dessas palavras sim, Pequena. E soma atuais mesmo depois de tanto tempo e tantas experiências juntos.

Eu continuo querendo ser seu porto. Continuo disposto a ser sempre o seu refúgio- para fugir do mundo lá fora, seja para sorrirsmo ou partilharmos choros.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.ela e eu partilhamos recentemente

. Suspensão

. NOS PENSAMENTOS, DESEJOS ...

. Um sonho que tive dias at...

. ...

. SONHO

. Que bom que chegou!

. REMINISCÊNCIAS!

. Reciprocidade

. SEU SORRISO É LINDO COMO ...

. Carta Resposta

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds